Salesiano

SALESIANO SÃO JOSÉ

(84) 3211 4220

Salesiano

SALESIANO SÃO JOSÉ

(84) 3211 4220

Educadores salesianos participam de curso de formação com professores finlandeses

O Colégio Salesiano São José recebe, de 20 a 24 de março, um curso de formação de docentes para o século XXI, em parceria com a Tampere University of Applied Sciences (TAMK) e Häme University of Applied Sciences (HAMK), da Finlândia. Cerca de 40 educadores salesianos, da educação infantil ao ensino médio, estão participando do evento. A ideia é que, após o curso, os docentes da instituição possam aplicar o aprendizado na própria realidade, demonstrando os procedimentos e resultados às Universidades finlandesas.

O curso teve início com momento de acolhida e boas-vindas conduzido pelo Diretor Geral Padre Robson Barros. Em seguida, o Padre José Adão Rodrigues, diretor da RSB-Escolas, falou sobre a relação do curso com os processos que a Rede Salesiana vem adotando. “Nós desejamos proporcionar a vocês uma experiência de verdadeira inovação. E sabemos que a inovação não acontece se não for co-participativa, como a Rede Salesiana é”, afirmou

O curso de formação “Competências docentes para o século XXI” faz parte de um projeto-piloto de formação continuada desenvolvido pela Rede Salesiana Brasil – Escolas. A equipe de formadores conta com os professores Irma Elina Kunnari, pesquisadora pedagógica com mais de 20 anos de experiência em avaliação baseada em competências e desenvolvimento de práticas colaborativas, e Juha Antti Tapio Lahtinen (Finlândia), especialista em educação, liderança, desenvolvimento de currículos e treinamento de trabalho em equipe.

Dando início à programação do curso, Juha Lahtinen falou sobre a importância do conhecimento compartilhado e dos métodos de aprendizagem ativa. “Como professores, não podemos simplesmente esperar a mudança. Temos que estar proativos e captar os sinais ao nosso redor que afetam as mudanças e adaptar a nossa forma de ensinar para não entrar em colapso”, alertou aos participantes.

Já no primeiro dia, os participantes puderam conhecer mais as características da educação finlandesa. Os formadores falaram sobre a diferença entre uma educação baseada em conteúdos e a formação com base em competência. “No modelo baseado em competências, os alunos aprendem sobre fenômenos. Competência é a combinação do saber, fazer e ser. Do conteúdo teórico, conhecimento prático e social”, explicou Irma Elina Kunnari.

Para a coordenadora pedagógica do Salesiano São José, Sheila Castro, o curso está proporcionando uma experiência valiosa. “Estamos sendo convidados a refletir profundamente sobre as nossas práticas diárias. Os formadores nos convocam a ter coragem de agregar à nossa prática elementos novos, deixando de lado o currículo conteudista”, afirmou a educadora.

Considerado um país com uma das melhores políticas educacionais do mundo, a Finlândia tem também um dos currículos mais avançados. Além de focar na valorização do professor e projetos interdisciplinares, ele também destaca-se pelo  maior uso de ferramentas digitais em sala de aula. Nos últimos anos, o país tem figurado nas primeiras posições do Programa Internacional de Avaliação de Alunos (Pisa), com a vantagem de oferecer uma educação